DEPOIMENTOS

Terapias DE

AUTO RECONHECIMENTO

Quando procurei o Ale,

buscava clareza sobre pra onde seguir

e recebi exatamente isso. Minha visão se ampliou

e pude enxergar o que se passava comigo com mais calma.

 

Ele oferece trabalhos fundamentados em técnicas sérias e amplificados por sua intuição, além do que vejo reconheço seu comprometimento com o desenvolvimento humano.

 

Ale reune saberes de vários caminhos, alquimizando-os em uma linguagem única. Indico esse trabalho para todos os interessados, todas as suas palavras me apoiaram muito.

Carolina Bergier

31 anos

Acima de tudo, recebi ferramentas

que aplico diariamente. Estava um pouco

perdido e buscava um pouco mais de clareza

nas minhas relações, comigo mesmo e com os outros.

 

O acompanhamento terapêutico praticamente mudou minha vida inteira. Hoje tenho uma atitude diferente com relação a tudo. Foi como uma limpeza nas lentes espirituais. Existem muitas coisas para as quais não queremos olhar, mas precisamos olhar se estamos buscando evolução.

 

Eu penso no nosso trabalho todos os dias, e me ajuda

a ser mais sincero e empático comigo mesmo.

Gabriel Caropreso

27 anos

Estava buscando algo que me ajudasse

a lidar com a dor, a confusão e a ansiedade.

Foi um convite para mergulhar dentro de mim,

nos pontos mais profundos de quem sou.

De sensibilidade profunda, carisma e cuidado, o Ale desempenha o papel de facilitador para que, em cada sessão, você possa descobrir mais sobre você mesmo, e assim compreender suas dores e abraça-las.

Com o compromisso de ser responsável pela minha própria melhora. Esse processo me ensinou caminhos para que eu possa sempre seguir em frente, buscando

a verdade de tudo que sou.

Bianca Del Bianco Sahm

27 anos

Foi um processo de autoconhecimento,

de acolhimento e com a capacidade de

me mostrar o que eu precisava para poder melhorar.

Foi o início de uma jornada de questionamentos, recebi verdades, mas não soube a priori o que fazer com elas, fui então atrás de entender meus padrões. Vejo que ainda estou cheio deles, mas foi nesse processo que tudo começou a mudar.

 

O Ale não me entregava as soluções prontas mas me fazia ver o que eu não estava vendo. Fui apresentado a outro mundo e descobri que existem muitos tipos de fé! Me revelou uma sensibilidade que eu não sabia que existia em mim! Sou muito grato.

Bruno

40 anos

Me auxiliou a fazer mudanças,

tem sido um importante processo

de autoconhecimento e investigação.

 

As sessões são chave no olhar pra assuntos que

eu fugia ou não conseguia olhar de maneira tão compreensiva.

 

Mais recentemente tem se mostrado bastante potente utilizar da escrita no meu processo. Sejam cartas ou diários gerando maior autoentendimento e força para me compreender e desenvolver.

Eu indicaria para pessoas que estão na busca deste autoentendimento em diversos ambitos, e em profundidade.

André

28 anos

Sinto que esse processo terapêutico

reforça nossa autonomia, o protagonismo

necessário pra encarar nossos fantasmas (medos)

mais profundos.

 

E a escrita complementa o papel da fala, materializando o que se sente e o que se pensa, revelando as mudanças que vão rolando a cada sessão. Já fiz muitos anos de análise e, nesse tempo de DCT, tenho sentido minhas revoluções internas muito mais potentes, que os nós tão sendo desfeitos e me permitindo ir além com mais presença e plenitude.

Paula

35 anos

Em dois anos com o Ale,

resolvi coisas que nem imaginava

que eram o que empatava a minha vida.

 

Já tinha feito terapias tradicionais, mas o método DCT,  faz você conversar com seus traumas, medos, algozes de igual para igual. E eles são minimizados, por vezes desaparecem, e hoje eu posso dizer que quando um "deles" resolve reaparecer eu chamo para uma conversa clara no meu caderno e depois ao ler para o Alê, ele me ajuda a ter a visão clara e lúcida para cada um dos meus interlocutores. Sou fã de carteirinha.

Carolina

49 anos

O método DCT me ajuda, principalmente,

a ter clareza no que quero expressar

para mim mesmo.

 

Organizar tudo o que estou acessando internamente em discursos textuais facilita, entre outras coisas, a cadenciar em mim mesmo formas de interpretar esses sentimentos, com clareza sobre o meu discernimento atual sobre todos os fatos que, na maioria das vezes, estão relacionados com a minha infância e adolescência e reverberam até hoje em minhas ações e pensamentos.

Lúcio

35 anos

Entendendo a jornada chamada vida

A palavra jornada para mim resume perfeitamente

o meu encontro com o Ale nesse plano e quem sabe em

diversas outras vidas. Chamo o meu encontro com ele de uma

profunda jornada de autoconhecimento e empoderamento daquilo

de mais precioso que o universo pode me proporcionar que é estar

nesse plano evolutivo.

 

Por muito tempo me vi perdida e com medo de olhar mais afundo para mim mesma.  Nunca entendi direito a origem dos meus sentimentos e ainda por cima me sentia limitada por não saber como proceder em situações desafiadoras do meu cotidiano. Sempre carreguei um enorme fardo e me culpava por não saber  lidar com meus problemas, culpas, angústias e aflições.


Comecei a fazer terapia com o Ale em 2018 e desde então muitas coisas mudaram em minha vida. As mudanças não ocorreram de um dia para o outro, elas foram fruto de um intenso trabalho de autoconhecimento e um olhar aprofundado para os mais diversos sentimentos e emoções que eu jamais imaginaria que seria capaz de lidar. Graças a terapia com o Ale, me tornei capaz de olhar para mim mesma de uma forma generosa e amorosa. A forma como eu olho para o mundo e para a minha missão nesse plano mudaram e tudo isso ocorre graças as ferramentas que a terapia me proporciona para que eu possa trabalhar e semear os frutos para a minha evolução.


Estar em contato com o método do Ale nos resgata o nossa humanidade e sensibilidade as coisas que acontecem em nossa vida e ao nosso redor.

Nesse mundo e constante transformação se faz necessário que tenhamos

esse momento para nos cuidarmos e assimilarmos nossos sentimentos

e emoções de forma generosa e amorosa para que possamos

evoluir e viver de forma mais leve e sem fardos.

Cláudia

37 anos

Buscava novas experiências

terapêuticas e recebi clareza e ferramentas

novas. Foi um processo acolhedor, onde

me foi exposto o que eu precisava ver,

sem me chocar e me permitiu tempo para digerir

o que eu via a cada sessão.

 

Tudo aconteceu de acordo com a minha entrega, me vi autoresponsável pelo meu caminho, pela minha compreensão.

 

Agradeço o tempo e dedicação dos momentos que compartilhamos juntos durante esse processo.

Me auxiliou a enxergar o que poderia ser

melhor aproveitado em mim, aqui e agora.

Juliana

42 anos

Não se tratam de consultas

nem sessões...

são encontros nos quais a troca através

da fala e da escuta, se condensa na transformação

prática da maneira de pensar e agir sobre si mesmo

e sobre o mundo.


É belo e pavoroso. É vasto. É profundo. Um local onde é perigoso navegar sozinho. Por isso a figura do Ale se torna tão fundamental e precisa. Dura e terna na medida certa. Distante e envolvido sem exageros.


É fundamental e necessário que todo e qualquer ser humano tenha o acesso a este tipo de orientação. 
E é justamente pela negação deste tipo de cuidado a todos que estamos como estamos: sobrevivendo escombros.
É triste que seja um privilégio.

Fabio Lucindo

36 anos